Postado em por Redação em MunicípiosInterior

URL da notícia
+ -

Jovem filmado fazendo sexo com padre em Arapiraca desabafa e conta toda sua história

\"O Monsenhor Raimundo ficava me bolinando durante a missa\"


Por Redação

Wadson Correa

Após reportagem publicada no programa Conexão Repórter, apresentado por Roberto Cabrini, no SBT, o CadaMinuto foi o primeiro meio de comunicação em Alagoas, a entrar em contato e entrevistar os três jovens, vítimas de aliciamento praticado por padres em Arapiraca, Agreste do Estado.

Eles afirmaram que o bispo da diocese pediu a cabeça do jovem que aparece no vídeo, para evitar um escândalo na religião. Monsenhor Luiz teria afirmado que se suicidaria caso a matéria fosse ao ar, em rede nacional.

Ao chegar à cidade, procuramos o escritório do advogado dos padres, Daniel Fernandes, mas ele não estava, segundo a atendente. O advogado Ivens da empresa de advocacia Wesley Souza de Andrade esclareceu que, Daniel Fernandes não faz parte da sociedade dos advogados.

“Queremos deixar claro que nossa empresa não tem nenhum vínculo com o advogado dos padres. Muita gente está pensando que temos algum envolvimento com isso. Daniel trabalha em uma sala isolada, no Empresarial Tapuã”, disse.

Depois de muito tempo em Arapiraca tentando descobrir onde as vítimas do aliciamento moravam, conseguimos localizar Anderson, Cícero Flávio e Fabiano Ferreira que aparece nas imagens tendo relações sexuais com monsenhor Luiz Marques Barbosa. Nossa equipe de reportagem estava sendo perseguida por curiosos, por tanto a entrevista aconteceu em uma localidade distante do perímetro urbano.

A Entrevista

Fabiano Ferreira contou que começou morar com o monsenhor quando ainda tinha 12 anos de idade, para ser coroinha e ajudar nos trabalhos da paróquia. Foram oito anos tendo relacionamento sexual e sendo ameaçado, caso contasse para alguém. Para atrair o jovem, Luiz Marques o matriculou na melhor escola da cidade.

“Ele me ameaçava direto caso contasse para alguém o relacionamento”, relatou Fabiano. O horário dos relacionamentos, na maioria das vezes, era após o café da manhã. “Todo mundo na Casa Paroquial sabia da safadeza do monsenhor e quando eu saia do quarto perguntavam ser para mim  tinha sido bom”, revelou chorando.

O outro amigo de Fabiano, o ex-coroinha Cícero Flávio, vítima do monsenhor Raimundo decidiu filmar a relação sexual, para ter uma prova caso o padre voltasse a  fazer ameaçsr.

“Foram várias vezes que tentei entrar na casa para conseguir o vídeo dos dois fazendo sexo. Nesse dia não tinha ninguém na casa, utilizei uma máscara para não ser identificado. Ele chegou a me confundir com o motorista dele, então é a prova que o motorista sabia de tudo o que acontecia lá na casa”, garantiu Cícero Flávio, autor das imagens.

Ainda de acordo com Flávio, as imagens não foram para extorquir ninguém, eram só para ter uma prova, caso alguma coisa maior acontecesse. “É tudo mentira o que o advogado falou, de que estávamos pedindo dinheiro em troca das imagens. Isso nunca aconteceu”.

Anderson tem 21 anos e é outra vítima do monsenhor Raimundo que segundo ele, utilizava o mesmo procedimento de Luiz Marques, pagando uma escola de boa qualidade, em troca de sexo com o jovem. “Dormi várias vezes na casa de monsenhor Raimundo, até na igreja na hora da missa ele pegava por baixo da batina em meu órgão sexual”, lembrou Anderson.

“O Monsenhor Luiz Marques e o padre Raimundo comentaram que a matéria não iria ao ar porque tinham comprado todo material ao jornalista Roberto Cabrini, mas isso não aconteceu e a sociedade tomou conhecimento de tudo”, destacou Fabiano. Os jovens se defenderam das criticas realizadas por Raimundo nas emissoras de rádio de Arapiraca.

“A Carmelita Leite, fundadora da Casa da Esperança não está relacionada com as denúncias que fizemos. Ela apenas está nos ajudando nessa hora difícil. Queremos que algo seja feito para afastar esses safados da igreja”, desabafou Cícero Flávio.

Nesta sexta-feira (12), um dia após a repercussão da matéria, o pai de Fabiano Ferreira completou idade nova e falou ao filho. “Esse é o presente que você me dá filho!” disse o jovem lembrando as palavras do pai.

O monsenhor Raimundo afirmou que tudo isso não vai dar em nada e espera ser promovido, nos próximos dias para bispo.
 

URL da notícia
+ -

Deixe seu Comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

comments powered by Disqus