Postado em 22/05/2014 às 04:05 por Redação em Polícia

Loja de conveniência de posto de combustível é assaltada na Massagueira

Viatura da Polícia

Ilustração

Dois homens assaltaram uma loja de conveniência de um posto de combustível, localizado no povoado de Massagueira, na noite desta quarta-feira (21). Funcionários contaram para a polícia a dupla chegou no local e anunciou o assalto, rendendo todos que estavam dentro do estabelecimento.

Os criminosos estavam em uma motocicleta, que não teve características anotadas. Do posto de combustível eles roubaram bebidas e uma quantia em dinheiro, cujo valor não foi divulgado. Rondas foram realizadas, mas nenhum suspeito foi preso.

Outro assalto

Na madrugada desta quinta-feira (22), policiais do 4º Batalhão prenderam um homem acusado de assaltar um passaporte, no bairro do Bebedouro. A polícia conseguiu localizado Érick Rodrigues da Silva, 27, após uma denúncia de populares dando conta de que um homem estava armado na região.

Com o acusado, que foi reconhecido pelo proprietário do estabelecimento, os policiais apreenderam a arma utilizada no crime, um revólver calibre 38, além dos pertences da vítima. Érick Rodrigues foi conduzido para a Central de Flagrante, no bairro do Pinheiro onde foi atuado. 

Postado em 22/05/2014 às 03:05 por Redação em Polícia

Instrutor de Stand Up Paddle é assassinado dentro de barraca no Francês

Cidade de Marechal Deodoro

Ilustração

Um instrutor de Stand Up Paddle (SUP) natural de Aracaju foi assassinado a tiros, na noite desta quarta-feira (21), dentro de uma barraca, localizada na Rua José Recife, na Praia do Francês. De acordo com a Polícia Militar, a vítima, Fernando Luis Santos, 33, não tinha residências fixas em Alagoas e estava dividindo as instalações da barraca para dormir com um amigo.

O Centro de Operações da Defesa Social (Ciods) informou que Fernando Luis foi atingido por 14 disparos deflagrados por homem, até o momento não identificado. A vítima estava deitada no chão forrado com uma rede quando recebeu os tiros.

Testemunhas relaram para a polícia que Fernando estava na Praia do Francês há alguns dias, mas não souberam afirmar se ele tinha contraído alguma inimizade no local. O crime será investigado pelo delegado Jobson Cabral, titular da delegacia de Marechal Deodoro. 

Postado em 22/05/2014 às 03:05 por Redação com Assessoria em Polícia

Acusado de assalto na entrada de shopping é preso pela Polícia Civil

Ronaldo Pereira

Assessoria - PC

Uma investigação das equipes da Diretoria de Polícia Judiciária da Área 2 (DPJA-2), comandadas pelo delegado Nilson Alcântara, resultou na prisão de Ronaldo Pereira da Silva, 22, acusado de praticar um assalto shopping, localizado no bairro de Mangabeiras, em Maceió.

Pereira foi localizado em sua residência no bairro do Jacintinho.  A prisão em flagrante foi feita em razão dos policiais civis terem encontrado droga (crack) com o acusado, que já respondeu por outros crimes de roubo, inclusive quando ainda era adolescente.

Ronaldo foi reconhecido pelas vítimas, tanto através de filmagens feitas pelas câmeras de segurança do shopping, como pessoalmente.

O assalto aconteceu por volta das 11h30, quando o funcionário de um posto de combustíveis parou o veículo na cancela eletrônica do shopping.

No momento em que ele acionava o botão para abrir a cancela, um homem (Ronaldo) aproximou-se e apontou um revólver, pedindo a bolsa de outra funcionária do posto, que também estava no carro, além das chaves do veículo.

Na bolsa, estaria a quantia de R$ 72 mil que seria depositada em uma agência bancária do shopping. O assaltante fugiu a pé levando o dinheiro e as chaves do carro, provavelmente para não ser seguido.

O delegado Nilson Alcântara adiantou que, tanto a questão da droga como o assalto, terão as investigações aprofundadas por meio de inquéritos, respectivamente pelas delegacias de repressão ao narcotráfico e o 2º Distrito da Capital.

 

Postado em 21/05/2014 às 14:05 por Lucas Alcântara - colaborador em Polícia

Reeducando utiliza celular para atualizar Facebook dentro de presídio

Reprodução/Facebook

A utilização de redes sociais dentro de presídios tem sido registrada com frequência em Alagoas, assim como em outros estados brasileiros. Nesta semana, a Superintendência Geral de Administração Penitenciária (SGAP) voltou a registrar um caso já conhecido pelo órgão.

Trata-se do reeducando Silvio da Silva Oliveira, 30, que já respondeu por três Procedimentos Administrativos Disciplinares (PADs) pelo uso de celular dentro do sistema prisional em Maceió. Detido no Baldomero Cavalcanti, o Oliveria retornará ainda nesta quarta-feira (21) para o Presídio de Segurança Máxima.

Preso pelo crime de tráfico de drogas desde 2008, Silvio foi transferido, no último dia 15, para o Baldomero Cavalcanti. Antes, quando ainda estava no Presídio de Segurança Máxima, o reeducando já atualizava a sua página no Facebook, onde se identifica como Silvio Zika e postava diversas fotos na cela.

A última postagem foi feita no domingo (18) e o perfil, de acordo com os registros da página, vem sendo usado desde 2012. O reeducando se comunicava com outros usuários e, entre os comentários, uma das amigas de Silvio dizia “eu ligo e vc ñ atende”, fato que confirma que Silvio utiliza o celular dentro do presídio.

Segundo a assessoria de imprensa da SGAP, já foi aberto um procedimento administrativo para apurar a forma pela qual o reeducando teve acesso ao aparelho telefônico. Silvio responderá agora pelo 4º PAD.

Postado em 21/05/2014 às 12:05 por Gabriela Flores em Polícia

Homens invadem bar e matam taxista a tiros

IML de Maceió

Divulgaçao

Por motivos ainda desconhecidos, o taxista Jédson Cassiano da Silca, foi assassinado a tiros na tarde desta quarta-feira (21). O crime aconteceu num bar localizado na orla do bairro de Jacarecica.

Segundo informações da polícia , Jédson estaria bebendo um refrigerante no estabelecimento quando foi surpreendido por dois homens que chegaram atirando. Os atiradores chegaram em um veículo escuro modelo Celta.

Equipes do Instituto de Criminalística (IC) e do Instituto Médico Legal Estácio de Lima (IML) estiveram no local para fazer as primeiras investigações.

Os atiradores que fugiram do local do crime ainda não foram identificados.

Postado em 21/05/2014 às 12:05 por Assessoria - PC em Polícia

Polícia Civil esclarece assassinato de taxista em Arapiraca

PC/AL

Após cerca de um mês de investigações, a Polícia Civil de Alagoas, por meio do 55° Distrito Policial (DP), conseguiu elucidar a morte do taxista José Antônio Vieira, conhecido como “Dé”, vítima de latrocínio, em Arapiraca.

“Dé” foi morto com sete facadas entre as regiões do tórax e abdômen e o instrumento ficou cravado em seu corpo. A vítima foi imobilizada, tendo suas mãos atadas com gaze. Ele foi encontrado no bairro de Canafístula, zona rural de Arapiraca.

O crime brutal, ocorrido em março deste ano, gerou repercussão na cidade.

Foram presos: Robson Wilmar Melo da Silva, conhecido por “Magão” ou “Maycon”; Evanice Maria Morais Santos, conhecida por “Nice”; Rafael Messias Leite da Silva; Maria José Melo dos Santos, conhecida por “Nena” e Henrique Santos da Silva.

Parte das prisões ocorreram no último domingo, durante uma operação deflagrada para o cumprimento de dois mandados em aberto. Na ocasião, foram capturados “Nena” e “Henrique Santos”

“Magão”, Rafael Messias e “Nice” já se encontravam presos.

De acordo com as investigações realizadas pelos policiais civis do 55ºDP, sob a coordenação do delegado Thales Araújo, os acusados faziam parte de uma quadrilha responsável por uma onda de assaltos a taxistas na cidade de Arapiraca e alguns deles, já respondiam por outros crimes, como roubo e tráfico de drogas.

“Essa quadrilha foi responsável por diversos ataques cometidos contra taxistas na cidade de Arapiraca, sendo a morte do “Dé” o mais grave deles”, esclareceu.

Segundo ele, a quadrilha usava a casa de “Nena”, como ponto de encontro, onde faziam uso de bebidas, drogas e planejavam os próximos crimes.

A quadrilha se especializou no assalto a taxistas, por considerarem um dinheiro rápido e fácil.

Eles agiam à noite, utilizavam três membros da quadrilha, tendo sempre a presença de uma mulher, que requisitava a corrida.

Após escolherem a vítima, anunciavam o assalto, dominavam o motorista, com o uso de uma faca. As vítimas eram levadas para um local afastado, onde eram abandonados, depois de entregaram o veículo e seus pertences.

Após a prisão da quadrilha, vários taxistas atacados reconheceram os acusados e em depoimento, relataram outros casos, em que o pescoço da vítima foi cortado pela faca, mas que sobreviveu aos ferimentos.

Com a conclusão do inquérito policial, o delegado responsável pela investigação ressaltou a dedicação a persistência de sua equipe, o apoio dado pelo Delegado Regional, Mário Jorge Barros, e sua equipe, bem como a confiança depositada pelo Diretor de Área, Nilson Alcântara, e pelo Delegado Geral, Carlos Reis.

“Foi possível chegar aos responsáveis deste caso e elucidar diversos outros crimes cometidos pela quadrilha contra taxistas, provendo uma resposta satisfatória a sociedade. A parceria com o Judiciário ainda foi fundamental para conclusão dos trabalhos, como também a categoria dos taxistas, que contribuíram durante as investigações”, concluiu.

Postado em 21/05/2014 às 11:05 por Redação com Assessoria em Polícia

Homem agride esposa grávida e é denunciado pelo filho

Antônio Araújo Santos

Ascom-PC

Um homem foi preso em Piaçabuçu, na manhã desta quarta-feira (21), acusado de agredir e ameaçar a esposa, uma mulher de 32 anos que, segundo a polícia, está no oitavo mês de gestação. O crime foi denunciado pelo filho do casal, que procurou a delegacia do município, relatou que o pai estava ameaçando a mãe e teria, inclusive, jogado uma mesa contra a mulher.

Após a denúncia, os policiais saíram em socorro da mulher e acabaram localizando o agressor. Antônio Araújo dos Santos, 33, foi preso com uma faca-peixeira e encaminhado à distrital de Piaçabuçu.

O acusado foi enquadrado na Lei Maria da Penha e deverá ficar preso. 

Postado em 21/05/2014 às 11:05 por Lucas Alcântara - colaborador em Polícia

Agentes encontram celulares e uísque no Presídio de Segurança Máxima

Apreensão é registrada dias após agentes terem flagrado "farra" em cela do Baldomero Cavalcanti

Material foi apreendido durante inspeção realizada nesta quarta-feira (21)

Cortesia

Uma inspeção de rotina, realizada nos módulos do Presídio de Segurança Máxima, em Maceió, terminou com apreensões na manhã desta quarta-feira (21). Ao CadaMinuto, um agente penitenciário informou que, durante a revista, foram encontrados aparelhos celulares, carregadores, isqueiros, fones de ouvido e duas garrafas plásticas com uísque.

A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa da Superintendência Geral de Administração Penitenciária (SGAP). Agora, segundo o órgão, será aberto um procedimento administrativo para apurar de que forma o material foi entregue aos reeducandos no presídio e, caso seja constatado que houve intermédio por parte de servidores, que sejam identificados e punidos.

A assessoria da SGAP informou também que os reeducandos foram encaminhados à Seção de Flagrantes do PSM pela apreensão do material, encontrado em uma mesma cela, e acrescentou que os detentos serão ouvidos durante a investigação que desvendará a forma que tiveram acesso aos objetos e à bebida alcoólica.

Caso semelhante

A apreensão desta quarta-feira ocorreu dias após um caso semelhante ter sido registrado no Baldomero Cavalcanti. No último domingo (18), agentes flagram uma “farra” em uma das celas do módulo 1 da unidade prisional, onde foram encontradas 15 caixas de cerveja, diversos aparelhos telefônicos, uma televisão LCD e um frigobar.

O caso foi denunciado por meio de fotos divulgadas pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen) e está sendo investigado pelo Ministério Público Estadual e pelo Conselho de Segurança. 

Postado em 21/05/2014 às 04:05 por Redação em Polícia

Usuário de drogas é assassinado a poucos metros de sua residência

Cidade de Rio Largo

O jovem Alex Ricardo dos Santos, 18, foi assassinado com dez disparos de arma de fogo, na noite de ontem (20) quando seguia para sua residência, localizada no bairro do Tabuleiro do Pinto, em Rio Largo.

Familiares da vítima afirmaram para a polícia que a vítima era usuária de drogas e pode ter contraído alguma dívida com traficantes da região, o que pode ter motivado a sua morte. Testemunhas do crime relataram que somente ouviram os disparos, mas não identificaram os participantes do homicídio.

A vítima tentou correr da mira dos assassinos, mas acabou sendo atingida por disparos na cabeça e nas costas. O crime será investigado pela Polícia Civil. 

Postado em 20/05/2014 às 18:05 por Redação com PC-AL em Polícia

Polícia apreende em Alagoas menor acusado de assassinato na Paraíba

Nesta terça-feira (20), A Polícia Civil de Alagoas apreendeu, na cidade de Campestre, em Alagoas, o menor de 16 anos, com iniciais L. S. M acusado pela morte de uma adolescente, de 15 anos.

O assassinato ocorreu em outubro de 2013, no Bairro Tibiri II, em Santa Rita, na Paraíba, e a prisão foi efetuada por policiais da Delegacia Regional de Novo Lino - coordenados pelo delegado Antônio Nunes -, que cumpriram mandado de busca e apreensão, em Campestre, interior de Alagoas.

A Polícia Civil de Alagoas efetuou algumas diligências para atender a solicitação dos policiais paraibanos que apresentaram mandado de busca e apreensão, expedido pela Comarca de Santa Rita-PB, e fotografia do acusado, com informações de que ele estaria na cidade alagoana.

Com a sua apreensão, o acusado confessou o homicídio aos policiais de Novo Lino. Ele disse que efetuou quatro disparos na cabeça da adolescente, para atender as ordens de um preso condenado, que se encontra recolhido num Presídio paraibano.

"É importante essa integração das polícias no combate ao crime e quem se beneficia é a sociedade", afirmou o delegado Regional de Novo Lino.

O delegado Antônio Nunes disse ainda que comunicou a apreensão à Polícia Civil paraibana, que providenciou a condução do adolescente para a Paraíba, onde vai ser apresentado à Justiça.

Postado em 20/05/2014 às 14:05 por Assessoria - PC-AL em Polícia

PC divulga foto de adolescente desaparecida

LETÍCIA DE ANDRADE DIAS

Assessoria PC

A adolescente Letícia de Andrade Dias, de 14 anos de idade, está desaparecida desde a última segunda-feira (19), depois que saiu de casa para ir ao colégio.

A jovem foi vista pela última vez na Travessa Monte Castelo, no bairro do Vergel do Lago, em Maceió.

Familiares da adolescente estiveram na Delegacia dos Crimes Contra a Criança e o Adolescente para registrar o desaparecimento.

A Polícia Civil solicita que quem tiver informações sobre o paradeiro da adolescente comunique pelo telefone da delegacia: 3315-9941, ou pelo Disque Denúncia – 181.