Postado em 24/04/2015 às 21:43 por Redação em Polícia

Evangélico é assassinado a tiros no Jacintinho

O evangélico Wellington da Silva, de 33 anos, foi assassinado a tiros de pistola, no bairro do Jacintinho, na noite desta sexta-feira (24).

Segundo militares do Batalhão de Eventos, a vítima estava ouvindo músicas gospel com seu irmão, na porta de sua residência, quando foi atingido pelos disparos. O homem ainda tentou correr para o interior do imóvel, vindo a falecer num quarto.

Familiares não sabe a que atribuir o crime, uma vez que a vítima era trabalhadora e não tinha envolvimento com coisas ilícitas. Os policiais do BPE apuraram que Wellington era porteiro. Ainda não se tem informações sobre os autores do crime, que fugiram sem deixar pistas.

O Instituto Médico Legal e o Instituto de Criminalística estiveram no local. A Delegacia de Homicídios irá investigar o caso.

Postado em 24/04/2015 às 21:34 por Redação em Polícia

Vendedor de lanches é assassinado em conjunto; PM diz que suspeito já foi identificado

Crime aconteceu em via pública; Polícia está no local

Guilherme Carvalho

O vendedor de lanches Daniel Valério de Lima, de 44 anos, foi morto a tiros, na noite desta sexta-feira (24). O crime aconteceu na principal do Conjunto Selma Bandeira, no Benedito Bentes, próximo uma base policial. A vítima estava trabalhando no momento que foi assassinada.

Segundo o major Carlos Amorim, comandante do 5º Batalhão, já se tem suspeitas da autoria do crime. “Não podemos revelar o nome do acusado. Vamos realizar diligências com o objetivo de prendê-lo”, disse. Segundo o militar, a vítima tem antecedentes criminais e já foi envolvida com o tráfico de drogas.

A esposa de Daniel Valério não quis conversar com a imprensa.Dezenas de curiosos estão no local.

O corpo será recolhido ao Instituto Médico Legal, após a perícia do Instituto de Criminalística. A Polícia Civil de Alagoas investigará o caso.

Postado em 24/04/2015 às 16:17 por *Com informações do ChicoSabeTudo em Polícia

Alagoano foragido da justiça dá entrada em hospital da Bahia e é preso

Diego Batista é foragido da justiça alagoana desde 2012

Foto: ChicoSabeTudo

O foragido da justiça alagoana Diego Batista dos Nascimento foi preso no município de Paulo Afonso,  na Bahia, após sofrer uma tentativa de assassinato e dar entrada no hospital da cidade.

Policiais do serviço de inteligência de Paulo Afonso identificaram o jovem baleado foragido da polícia alagoana após ele apresentar documento de identidade falso.

Durante levantamento sobre seus antecedentes, a PM descobriu que o jovem e mais dois suspeitos foram presos em novembro de 2012, após uma troca de tiros com a polícia, em um trecho da Rodovia AL-140, na cidade de Mata Grande, local de acesso ao município de Inhapi, no Sertão de Alagoas.

Os policiais apreenderam a identidade falsa e um celular. Ele agora responderá também por uso de documento falso.

Postado em 24/04/2015 às 15:24 por Redação* em Polícia

Perícia Oficial desmente informação sobre "braço humano" encontrado

Manoel Melo Filho

Cortesia assessoria

A Perícia Oficial de Alagoas (PO/AL) havia confirmado ontem (23) que um braço humano encontrado nas margens da Lagoa Mundaú, no último final de semana, era de uma mulher que estava desaparecida há quase duas semanas.

Porém, no início da tarde desta sexta –feira (24), uma nota encaminhada à imprensa esclarece que houve uma precipitação por parte de uma papiloscopista ao afirmar que o corpo já estava identificado por meio de digitais papilares.

A nota, que é assinada pelo diretor da Perícia Oficial de Alagoas, Manoel Melo, diz ainda que o exame confirmou apenas a identificação da luva epidérmica e não do restante das peças humanas (tronco e braço) que também haviam sido encontradas anteriormente na lagoa.

Manoel Melo informa também que a afirmação de que  luva epidérmica realmente pertence às outras peças encontradas, só será possível após a realização e resultado de exame de confronto de DNA entre as três partes do corpo, visto que a Perícia Oficial de natureza criminal não trabalha com probabilidades e sim com certezas técnicas.

Por fim, o diretor da POAL esclarece que a Perícia Oficial e os Institutos de Criminalística, Identificação e Médico Legal estão empenhados no caso para concluir identificação de todo o corpo para que os laudos sejam encaminhados para a delegacia responsável pelo caso.

*Com informações da Ascom PO/AL

Postado em 24/04/2015 às 15:01 por Redação com Ascom/Seds em Polícia

Número de assaltos a coletivos reduz em abril

Abordagens em coletivos

Seds/Arquivo

As ações criminosas relacionadas a coletivos na capital alagoana terá a maior queda desde o início do ano, é o que apontam os dados do Núcleo de Estatística da Defesa Social. Faltando apenas sete dias para o término do mês de abril a escala declina em mais de 80% já que em abril do ano passado foram 138 assaltos contra 28 até o momento.

Segundo dados do Núcleo de Estatística (Neac) da Defesa Social, faltando sete dias para o final do mês, em abril deste ano o número de assaltos a coletivos reduziu em mais de 80% em relação a abril do ano passado. Foram registrados 28 assaltos até esta sexta-feira, 24, contra 138 ocorridos em abril de 2014.

“Ficamos gratificados, mas, ainda não totalmente satisfeitos porque todo tipo de ação criminosa por mais que os números apontem redução, carece de vigilância sempre. E garantimos que as forças policiais manterão o empenho para melhorar cada vez mais Alagoas”, declarou o secretário de Estado da Defesa Social e Ressocialização, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto.

O acompanhamento de todos os registros do Neac, coordenado pelo capitão PM Anderson Cabral, é feito diariamente pelo governador Renan Filho (PMDB), que faz contado direto com a coordenação do setor, demonstrando uma preocupação constante com a segurança pública.

Postado em 24/04/2015 às 14:35 por Redação com PC/AL em Polícia

Acusado de assalto em casa lotérica é recapturado

Valmir Raimundo da Silva

PC/AL

Valmir Raimundo da Silva, de 22 anos, foragido da Casa de Custódia de Maceió, foi recapturado nesta sexta-feira, 24, no bairro Jacintinho, por policiais civis da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic). Ele é acusado de roubo e formação de quadrilha.

Valmir estava foragido desde agosto de 2014, quando cumpria pena por assalto a uma casa lotérica, localizada no município de São Miguel dos Campos. Na ocasião, ele foi detido em flagrante, após roubar juntamente com outros três homens, o dinheiro da instituição e objetos pessoais de clientes e funcionários.

O acusado teve a prisão decretada pelo juiz da 16ª Vara Criminal da Capital. Ele foi conduzido a sede da Deic, no bairro Santa Amélia, e em seguida transferido para a Casa de Custódia.

Postado em 24/04/2015 às 11:32 por Gilca Cinara e Paulo Chancey Jr. - Colaborador em Polícia

Polícia Civil prende segundo acusado na morte de agente penitenciário

Deyvisson André

Foto: CadaMinuto

Dando sequencia a investigação, a Polícia Civil, através da Delegacia de Roubos e Furtos da Capital (DRC), prendeu na manhã desta sexta-feira (24), o segundo acusado na morte do agente penitenciário Sidney Antônio Ferreira da Silva, no dia 25 de março. Deyvisson André Santos Araújo foi preso em sua residência no bairro do Vergel do Lago.

A operação comandada pela delegada Maria Angelita da DRC, cumpriu mandado de prisão expedido pela 17ª Vara Criminal, dando sequencia a investigação do crime que aconteceu no dia 25 de março.

 Deyvisson André foi preso em sua casa no bairro do Vergel do Lago e não houve resistência da prisão. Logo após a captura, os agentes da Polícia Civil encaminharam o acusado para o Complexo de Delegacias Especializadas (CODE), onde ele prestou uma série de depoimentos.

Segundo a delegada, os acusados tinham de fato, a intenção de roubar a arma do agente e acabaram cometendo o homicídio. “Seguindo a investigação, constatamos que o objetivo dos acusados era roubar a arma do agente. Ainda estamos em busca de um terceiro suspeito, que já foi identificado, mas ainda não foi encontrado”, afirmou Maria Angelita, que lembrou ainda, que este terceiro participante, seria o responsável por dirigir o veículo que facilitou a fuga dos criminosos.

Com mais essa prisão, a Polícia Civil fica próxima de concluir a investigação, caso consiga prender o terceiro suspeito. No último dia 14 deste mês, o primeiro suspeito, Jackson dos Santos Silva Filho, de 21 anos, que assumiu estar na cena do crime.

O caso

O agente penitenciário Sidney Antônio Ferreira da Silva estava em frente a uma lanchonete quando foi surpreendido pelos disparos. Segundo a polícia, foram levados dois carregadores e uma pistola.

A vítima chegou a ser socorrida, mas após passar 11 dias internado, veio a falecer no dia 05 de abril. Ao CadaMinuto, a esposa da vítima informou que ele tinha parado próximo ao estabelecimento para conversar com um amigo.

Dando sequencia a investigação, a Polícia Civil, através da Delegacia de Roubos e Furtos da Capital (DRC), prendeu na manhã desta sexta-feira (24), o segundo acusado na morte do agente penitenciário Sidney Antônio Ferreira da Silva, no dia 25 de março. Deyvisson André Santos Araújo foi preso em sua residência no bairro do Vergel do Lago.

A operação comandada pela delegada Maria Angelita da DRC, cumpriu mandado de prisão expedido pela 17ª Vara Criminal, dando sequencia a investigação do crime que aconteceu no dia 25 de março.

 Deyvisson André foi preso em sua casa no bairro do Vergel do Lago e não houve resistência da prisão. Logo após a captura, os agentes da Polícia Civil encaminharam o acusado para o Complexo de Delegacias Especializadas (CODE), onde ele prestou uma série de depoimentos.

Segundo a delegada, os acusados tinham de fato, a intenção de roubar a arma do agente e acabaram cometendo o latrocínio – roubo seguido de morte. “Seguindo a investigação, constatamos que o objetivo dos acusados era roubar a arma do agente. Ainda estamos em busca de um terceiro suspeito, que já foi identificado, mas ainda não foi encontrado”, afirmou Maria Angelita.

A participação dessa terceira pessoa no crime ainda não bem definida, segundo a delegada, mas que possivelmente era o condutor do veículo que facilitou a fuga dos criminosos.

Com mais essa prisão, a Polícia Civil praticamente elucidou o caso da morte do agente penitenciário. No último dia 14 deste mês, o primeiro suspeito, Jackson dos Santos Silva Filho, de 21 anos, que assumiu estar na cena do crime.

O caso

O agente penitenciário Sidney Antônio Ferreira da Silva estava em frente a uma lanchonete quando foi surpreendido pelos disparos. Segundo a polícia, foram levados dois carregadores e uma pistola.

A vítima chegou a ser socorrida, mas após passar 11 dias internado, veio a falecer no dia 05 de abril. Ao CadaMinuto, a esposa da vítima informou que ele tinha parado próximo ao estabelecimento para conversar com um amigo.

 

Postado em 24/04/2015 às 11:25 por Redação com Ascom MPE em Polícia

Operação prende quatro suspeitos de tráfico de drogas em Viçosa

Foto: Ascom/MP

Quatro pessoas foram presas em uma operação do Grupo Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) e da Promotoria de Viçosa, na manhã desta sexta-feira (24). O foco era cumprir 14 mandados de prisão e busca e apreensão no município. Drogas, armas e uma motocicleta foram apreendidas.

Segundo informações do Ministério Público Estadual, a operação tinha como objetivo combater o tráfico de drogas em Viçosa e desarticular um grupo que praticava o tráfico de entorpecentes. As investigações já ocorriam há três meses. Os mandados foram expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

Por volta das 06 horas da manhã a coordenação do Gecoc e o promotor Anderson Cláudio de Almeida tiveram apoio da Polícia Civil e Militar para cumprir oito mandados de busca e apreensão e seis de prisão. Foram presos em flagrante Wesley Feliciano da Silva e Antônio Ferreira de Queiros, além de Rayane Agatângela Soares da Silva e  Amanda Rafaela da Silva.

Na residência de Wesley foi apreendido uma pistola .40 e na casa de Antônio os policiais encontraram uma pistola 380, munições de diferentes calibres, dois carregadores municiados e mais uma motocicleta.

Na casa de Sirleide, uma das procuradas, mas que não foi localizada, foram apreendidas dezenas de munições de calibres .40, 380 e espingarda 12, além de cocaína, crack e maconha. Ela é considerada a líder do grupo.

O material apreendido e os presos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Viçosa. 

Postado em 24/04/2015 às 09:11 por Redação* em Polícia

Acusado de assassinar criança de seis se entrega à polícia após um ano do crime

José Bezerra dos Santos

Foto: Polícia Civil

Após um ano do assassinato do garoto José Ramon Bispo da Silva, de 06 anos, morto com golpes de barra de ferro na cabeça, o acusado do crime se apresentou à polícia no município de Porto Real do Colégio. José Bezerra dos Santos, 44 anos, confessou o crime que ocorreu após uma discussão com o pai da vítima.

O motivo, segundo o acusado, foi porque o pai garoto o chamou de “doido”. Ao retornar à residência da vítima, Bezerra não o localizou o pai e matou friamente a criança que brincava na porta da residência de sua avó com outras duas crianças.

Durante esse tempo foragido, o Bezerra recebeu a ajuda de uma irmã e passou um ano morando no estado de São Paulo. Na delegacia ele disse que não aguentava mais fugir e que assassinou a criança para se vingar do pai.

Dedé, como também é conhecido, vai responder por homicídio qualificado. O inquérito foi concluído em maio de 2014. O suspeito se encontra detido à disposição da Justiça na 7ª Delegacia Regional de Penedo.

*Com informações do Aquiacontece.com 

Postado em 24/04/2015 às 08:38 por Karine Amorim - colaboradora em Polícia

Jovem que exibe armas em vídeo e outras quatro pessoas são presos em operação da PM

B.O.S, de 16 anos, conhecido como o “Palhaço da Coca Cola" foi apreendido

Divulgação

Uma operação deflagrada por policiais pertencentes ao Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp), na madrugada desta sexta-feira (24), resultou na apreensão de um menor de 16 anos e na prisão de outras quatro pessoas, sendo três homens e uma mulher. A prisão ocorreu na Favela Coca Cola, no Tabuleiro do Martins.

Segundo a polícia, o menor, identificado por B.O.S, de 16 anos, conhecido como o “Palhaço da Coca Cola” é o jovem que aparece em um vídeo publicado nas redes sociais exibindo armas de fogo, com rosto coberto por uma camisa de um time local e cantando rap.

De acordo com o capitão Teixeira, além de B.O.S., foram presos durante a operação, Juliana Siva, conhecida como “Maga”, Agrimeron Teixeira de Macedo, o “Agri”, e outros dois homens que não tiveram os nomes revelados.

Ao Cada Minuto, Teixeira explicou que o menor foi apreendido após denúncias de populares, através do 181. “Nós estávamos em patrulhamento nos bairros da Santa Lúcia, Benedito Bentes, Cleto Marques Luz, e outros da parte alta, quando fomos informados de que o ‘Palhaço’ estava nas imediações da Coca Cola. Fomos ao local e constatamos a ocorrência”.

Ao chegar ao local, o menor foi encontrado na companhia de Juliana. Com eles, a polícia encontrou duas espingardas, um revólver e 50 pedras de crack. Questionado sobre a quem pertencia as armas, o menor entregou os demais presos, que segundo ele, são os donos das armas.

O menor e os quatro presos foram encaminhados para a Central de Flagrantes no bairro do Farol.

Manifestação

Horas antes da operação que resultou nas prisões, moradores da favela da Coca-Cola interditam a Avenida Durval de Góes Monteiro. Segundo A polícia Militar, a manifestação ocorreu em resposta às incursões realizadas pela polícia militar naquela localidade.

Leia mais: Moradores da favela da Coca-Cola protestam novamente

 

Postado em 24/04/2015 às 07:45 por Redação em Polícia

Criminosos invadem escola e pelo menos 20 alunos são roubados

Cerca de vinte alunos da Escola Estadual Professora Isaura Antônia Lisboa (Epial), situada na Rua Antônio Marroquim, no bairro Baixão, em Arapiraca, foram roubados por dois homens armados nessa quinta-feira (23).

De acordo com o 3º Batalhão de Polícia Militar, os criminosos chegaram ao local em uma moto Phoenix, de cor preta. Ao adentrar o primeiro portão da unidade de ensino, a dupla abordou vinte estudantes, aproximadamente, e roubou mochilas, celulares e livros. Após o crime, a dupla fugiu.

Policiais pertencentes ao Batalhão de Radiopatrulha (BPRp) realizaram rondas para localizar e prender os criminosos, mas não obtiveram êxito.