Postado em 06/03/2015 às 10:03 por Assessoria em Interior

Secretaria de Infraestrutura anuncia medidas para profissionais da construção civil de Maragogi

Profissionais da construção civil serão obrigados a mudar um antigo comportamento que tem trazido muitos transtornos para a Prefeitura Municipal de Maragogi, danificando o asfalto nas vias públicas da cidade.

Segundo o secretário municipal de Infraestrutura, Desenvolvimento Urbano e Obras, Rildson José, a Prefeitura de Maragogi, por meio da equipe de fiscalização, estará, a partir de agora, inspecionando de forma rigorosa infratores que estejam obstruindo vias públicas, principalmente profissionais da construção civil que manuseiam argamassa e outros produtos sobre locais impróprios.  

“Temos recebido muitas reclamações, e, por conta disso, estamos determinando a proibição da confecção de qualquer espécie de material para construção, no leito de rua, avenida ou calçada”, afirmou o secretário.

Ainda segundo ele, a atual recomendação é que, nos casos em que a propriedade não tenha espaço para manipulação da massa, se utilize um compartimento específico, como caixotes, por exemplo, para não ficar resíduos de cimento no asfalto. “Quem descumprir a determinação poderá ter seu material apreendido e até mesmo, o seu alvará de construção suspenso”, afirmou.  

Outra irregularidade que vem sendo observada é a colocação de entulhos de construção nas calçadas, impedindo o direito de ir e vir do cidadão. No último mês, a Prefeitura adquiriu e instalou novos containers para coleta de lixo, distribuídos em diferentes pontos do município com o intuito de auxiliar na manutenção da limpeza. A colaboração da população é imprescindível.

Postado em 06/03/2015 às 10:03 por Assessoria em Interior

Prefeitura de Lagoa da Canoa promove atividades voltadas ao Dia da Mulher

Na manhã desta quinta-feira (5), a Prefeitura de Lagoa da Canoa, por meio das secretarias municipais de Saúde e Assistência Social, promoveu diversas atividades voltadas ao Dia Internacional da Mulher, comemorado neste domingo, dia 8 de março.

As atividades se concentraram sob uma tenda montada defronte a Secretaria de Assistência Social. Lá foram ofertados diversos serviços gratuitos, a exemplo de testes de glicemia, aferição da pressão arterial, atividades físicas com fisioterapeutas e educadores físicos, além de maquiagem, cortes e escovas de cabelos e manicure.

A programação foi o ponto alto das inúmeras atividades realizadas durante toda a Semana da Mulher, que incluiu palestras informativas em postos de saúde, onde profissionais abordaram temas como Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s) e Violência contra a Mulher.

De acordo com a fisioterapeuta Valeska Sarmento, nesta quinta-feira foram realizados vários exercícios de alongamento e relaxamento da musculatura. “Nosso objetivo vai muito além de uma manhã de exercícios físicos. Queremos que as pessoas conheçam o nosso trabalho, que é ofertado gratuitamente pela Prefeitura, e tenham a oportunidade de viverem melhor”, frisou.

O evento, que contou com o total apoio do prefeito Álvaro Melo (PMDB), foi prestigiado pelas secretárias Margarete Melo (Assistência Social) e Kátia Betina (Saúde), que também participaram de algumas atividades. 
 

Postado em 06/03/2015 às 09:03 por Paulo Chancey Junior* em Interior

Famílias em local de risco aguardam entrega de moradias em Jequiá da Praia

Carreta despenca de ponte, atinge casas e três crianças morrem soterradas

Corpo de Bombeiros

As famílias que tiveram suas casas atingidas após uma carreta despencar de uma ponte no município de Jequiá da Praia aguardam para receber moradias populares construídas pela prefeitura. Após o acidente, o prefeito do município, Marcelo Beltrão, confirmou que os moradores não haviam sido transferidos ainda devido a falta de uma autorização da Eletrobras para a instalação de energia elétrica.

Mais de 25 famílias foram cadastradas para ganhar os imóveis. Segundo o gestor municipal, uma parceria com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) promoveu a construção de 170 casas que estão prontas.

“Desde que assumi o município eu venho trabalhando para tirar aquelas pessoas que vive naquele local arriscado. Essa parceria com o Incra nos ajudou e estamos aguardando a liberação da Eletrobrás. Infelizmente nesse intervalo de tempo aconteceu essa tragédia”, afirmou Marcelo Beltrão.

De acordo com o prefeito, após a entrega das casas, a ideia é acabar de vez com as invasões no local. “Assim que entregarmos as casas, vamos notificar o proprietário daquele terreno para que cerque, faça qualquer coisa, mas não permita novas invasões. Quem está cadastrado terá o seu lugar, quem não tiver, terá de procurar outro lugar para morar”, lembrou o prefeito.

Beltrão lembrou ainda que no local existe uma rotatividade de invasores. Há alguns meses a Polícia Militar prendeu traficantes e a prefeitura promoveu a derrubada de alguns barracos. Após a tragédia, a gestão municipal suspendeu as aulas na cidade, tendo em vista que as três crianças que morreram estudavam em escolas diferentes e não haveria clima para continuidade.

A prefeitura anunciou ainda o luto de três dias e que na segunda-feira ás aulas voltam normalmente.  Defesa Civil Municipal e Estadual estão no local analisando a situação das moradias que não foram atingidas pelo acidente. O prefeito Marcelo Beltrão está voltando de Brasília para Jequiá e aguarda um comunicado para que medidas emergenciais sejam tomadas.

O ACIDENTE

Três crianças da mesma família morreram soterradas após uma carreta com carga de cerâmica despencar da ponte e atingir casas que ficam próximas a um rio no município de Jequiá da Praia. O grave acidente foi registrado na madrugada desta sexta-feira (06) e ainda deixou dois adultos feridos.

As crianças mortas foram identificadas como os irmãos Aldemir Bruno dos Santos Filho, de 5 anos, Aldemir Vitor dos Santos Filho, de 9 anos,  e seu primo José Antônio de Lima Santos, de 12 anos. O condutor da carreta, identificado como Kleber dos Passos, não foi localizado. 

*Colaborador

Postado em 06/03/2015 às 06:03 por Karine Amorim - colaboradora em Interior

Carreta despenca de ponte, atinge casas e crianças morrem soterradas em Jequiá da Praia

Dois adultos ficaram gravemente feridos e dois guindastes serão usado para resgatar os corpos

As três crianças faleceram no acidente desta sexta-feira

Foto: Cortesia/CadaMinuto

Atualizada às 7h30

Três crianças da mesma família morreram soterradas após uma carreta com carga de cerâmica despencar da ponte e atingir casas que ficam próximas a um rio no município de Jequiá da Praia. O grave acidente foi registrado na madrugada desta sexta-feira (06) e ainda deixou dois adultos feridos.

De acordo com o Corpo de Bombeiros de Alagoas (CBM/AL), a carga da carreta, de placa MFS 7942 de Santa Catarina, soterrou crianças e adultos. As crianças mortas foram identificadas como os irmãos Aldemir Bruno dos Santos Filho, de 5 anos, Aldemir Vitor dos Santos Filho, de 9 anos,  e seu primo José Antônio de Lima Santos, de 12 anos. O condutor da carreta, identificado como Kleber dos Passos, não foi localizado. 

“Quando nós fomos acionados pelo Samu, fomos informados que crianças foram soterradas e que pelo menos dois adultos teriam ficado feridos. Três crianças não resistiram e morreram”, explicou o CB.

A tragédia mobilizou funcionários de uma usina e também servidores da prefeitura municipal para auxiliar na retirada da cerâmica, enquanto os corpos dos garotos eram resgatados.

O CB informou que foram utilizados guindastes de grande porte para a retirada do material. “Estamos articulando guincho da Petrobras ou da usina da região para a retirada da carreta e da carga de cerâmica e assim termos acesso aos corpos”, disse o CB.

Quatro viaturas dos Bombeiros e equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionadas ao local para prestar socorro às vítimas. Até o momento, não há informações referentes ao número de casas atingidas no acidente.

A ponte está parcialmente interditada.

 

Postado em 05/03/2015 às 20:03 por Redação, com assessoria em Interior

CPT emite nota repudiando ação de despejo em fazenda

Moradores da Fazenda Lagoa da Jurema, localizada no município de Belo Monte, interior de Alagoas, foram despejados nesta quinta-feira (5), à mando da Vara Agrária. Diante deste fato, a Comissão Pastoral da Terra de Alagoas emitiu uma nota à imprensa repudiando o fato. Eles ressaltam que as famílias ocupavam o local há cerca de 10 anos

Leia a nota na íntegra:

 

A COMISSÃO PASTORAL DA TERRA DE ALAGOAS (CPT/AL) vem a público, com toda indignação possível, protestar contra o despejo, realizado hoje, 5 de março de 2015, das 23 famílias sem-terra que ocupavam a fazenda Lagoa da Jurema em Belo Monte (Alagoas), promovido pelo GOVERNO DE ALAGOAS, a mando da Vara Agrária.

As famílias ocupavam o imóvel há quase 10 anos e viviam na área produzindo alimentos e criando animais. O pequeno imóvel rural, que antes estava abandonado e sem cumprir sua função social, era a única forma de sobrevivência dessas famílias.

O Governo de Alagoas deslocou um grande aparato policial para a ação. Foram cerca de 100 militares (BOPE, PELOPES) para destruir a vida de 23 famílias, cumprindo uma ordem judicial injusta, haja vista que o suposto proprietário do imóvel não apresentou nenhum documento que comprove a sua posse. 

Desalojar famílias, sem sugerir alternativas, é um ataque aos direitos sociais, principalmente aos dos mais pobres, que através de uma luta justa e legítima buscam um pedaço de terra como um caminho para conquistar a dignidade.

O Governo Federal, por meio do INCRA, também é responsável por destruir a vida de mais essas famílias. No processo do imóvel Lagoa da Jurema, apesar do risco de violência contras às famílias, limitou a informar que o procedimento administrativo foi exaurido, reduzindo a reforma agrária a um mero processo burocrático, ignorando a existência de seres humanos, a improdutividade do imóvel, o fator politico e econômico. Imitando Pilatos, lavou as mãos.

Desta forma, a CPT repudia veementemente a violência utilizada hoje contra as famílias em Belo Monte, sob as ordens da Vara Agrária e executada pelo Governo de Alagoas, assim como, a falta de uma política para a democratização das terras. Ao tempo que exige do INCRA e do Governado Estadual que encontre outra área na região para minimizar o sofrimento e o constrangimento que o Estado impôs a essas famílias.

Maceió, 5 de março de 2015

Postado em 05/03/2015 às 11:03 por Assessoria em Interior

Secretaria da Mulher de São Miguel dos Campos faz abertura das atividades do Dia Internacional da Mulher

Foto: Assessoria

Foi realizada nesta quinta-feira (05) em São Miguel dos Campos a abertura das comemorações em relação ao Dia Internacional da Mulher, promovida pela Secretaria Municipal da Mulher.

Na abertura foi oferecido um café da manhã e também ocorreu uma apresentação cultural da Companhia Teatral “Palavras Ditas”, além de uma Exposição da Renascença – “Olê Mulher Rendeira”.

As atividades seguiram com a palestra “Lei Maria da Penha” (com a técnica jurídica Geilda Cirilo) e com a abertura da cozinha gourmet, sendo oferecido o mini curso de cupcake de páscoa, o mini curso de auto maquiagem e o mini curso de artesanato com reciclagem, todos com sorteios de brindes.

O prefeito George Clemente esteve presente e falou sobre a importância das mulheres. “Sem elas a vida não seria possível, as mulheres representam a nossa sociedade atualmente e se destacam cada vez em suas funções e profissões”, frisou Clemente.

A secretária municipal da Mulher, Betinha de Paula, que organizou as atividades frisou sobre a mulher miguelense. “A mulher miguelense é guerreira e batalhadora. Essa data é um marco em todo o mundo e continuaremos lutando para conquistar nosso espaço e garantir mais respeito”, destacou.

MAIS COMEMORAÇÕES

A programação em comemoração ao Dia Internacional da Mulher continua nesta sexta-feira (06), também na Secretaria Municipal da Mulher.

Postado em 05/03/2015 às 11:03 por Assessoria em Interior

Alunos do Pronatec de São Miguel dos Campos recebem certificados

Foto: Assessoria

Ocorreu nesta quarta-feira (04) a cerimônia de entrega de certificados do curso de Almoxarifado do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) de São Miguel dos Campos que tem parceria com o ACESSUAS TRABALHO.
 
O presidente da Câmara de Vereadores, Jó Clemente, esteve no evento e falou sobre a importância dos cursos ofertados. “Entendo a necessidade de preparar os jovens  para o mundo do trabalho e no nosso governo a formação é prioridade. Queremos qualificar cada vez mais jovens e também trazer mais empresas para que elas possam dar oportunidades a eles”, enfatizou.

O aluno Altair Júnior, que concluiu o curso e recebeu o certificado, falou pela turma. “Com essa oportunidade, adquirimos conhecimento e agora estamos qualificados para entrarmos no mercado de trabalho. Quero, em nome da turma, agradecer ao município, ao Programa, à professora Helena e a todos os envolvidos”, destacou.

Estiveram presentes na cerimônia, o vereador Cícero Novais (“Passarinho”), a secretária de Habitação, Trabalho e Assistência Social, Jane Vieira, o Chefe de Gabinete, Álvaro Leiva, a instrutora da turma, Helena Pacheco, a coordenadora do ACESSSUAS, Adília Pacheco, a coordenadora do CRAS, Cíntia Araújo, a coordenadora do CREAS Municipal, Marcela Vieira e o coordenador do CREAS Regional, Janderson Aquino.
 
ACESSUAS TRABALHO
 
O ACESSUAS TRABALHO tem como objetivo promover o acesso à qualificação profissional e dar condições para o mundo do trabalho, o programa busca também a autonomia das famílias usuárias da Política de Assistência Social, por meio do incentivo e da mobilização à integração a este mundo.

Postado em 05/03/2015 às 08:03 por Assessoria em Interior

Município de Atalaia ganhará distrito industrial

Município de Atalaia ganhará distrito industrial

Assessoria

Através de um projeto desenvolvido pela Secretaria municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, o município de Atalaia, receberá a implantação de um Distrito Industrial.  Segundo o Prefeito Zé do Pedrinho, diante do declínio econômico pelo qual os municípios alagoanos estão passando, a iniciativa tem o intuito de fazer com que indústrias se instalem na cidade, e assim, promover o desenvolvimento da economia, aumentando a oferta de emprego e renda à população.

“Ao longo dos últimos anos, os atalaienses tem enfrentado grandes perdas. Além das usinas e indústria da região fecharem as portas, filhos da terra estão se arriscando e indo para outros municípios em busca de novas oportunidades. A extinção de empregos tem refletido diretamente na economia  local, portanto, o projeto tem o intuito de atrair indústrias dos mais diversos setores, e, através de todos os benefícios oriundos da criação desse distrito, promover o desenvolvimento da região com a abertura de muitas oportunidades de trabalho”, justificou o Prefeito.

De acordo com o secretário Thyago Tenório, seguindo o exemplo de vários municípios do País que já contam com um distrito industrial, Atalaia deverá dar um salto em direção ao desenvolvimento, atraindo indústrias de diversos setores, que utilizarão boa parte de mão de obra local, impulsionando a economia.

“O Governo do Estado já nos enviou um ofício de menção de apoio à implantação, e a SUDENE e o Banco do Nordeste já sinalizaram total apoio ao projeto, que será votado pela câmara de vereadores, na próxima terça-feira (10). Fábricas de alimentos e de painéis solares, além de outras grandes indústrias, já preencheram o protocolo de intenção e demonstraram bastante entusiasmo com a ideia”, destacou.

Após a aprovação da lei, a prefeitura disponibilizará, com o apoio do SEBRAE, uma capacitação para os profissionais que atenderão às necessidades das empresas que serão instaladas.  “Através de uma lei municipal, 70% dos empregados serão obrigatoriamente atalaienses, o que garante o aquecimento da economia e o desenvolvimento não só da região, mas do Estado” concluiu Tenório.

Postado em 05/03/2015 às 07:03 por Karine Amorim* em Interior

Cavalo solto na pista provoca acidente com moto e duas pessoas ficam feridas

Cavalo solto na pista provoca acidente com moto e duas pessoas ficam feridas

Real Deodorense

Um cavalo solto na pista provocou um acidente na noite dessa quarta-feira (04) e deixou duas pessoas feridas na rodovia AL-101 Sul, no Povoado Massagueira em Marechal Deodoro. As vítimas estavam em uma moto Honda Biz e não conseguiram desviar do animal.

De acordo com uma das vítimas, o cavalo atravessou a rodovia em direção à moto. Sem ter o tempo necessário para desviar do animal, a motociclista não conseguiu evitar a colisão. Com o impacto, as mulheres, ficaram feridas.

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e realizou os primeiros socorros. Uma das vítimas foi encaminhada para o Hospital Geral do Estado (HGE) e a segunda, que teve apenas escoriações leves, foi liberada.

*Com Real Deodorense

Postado em 05/03/2015 às 07:03 por Minuto Sertão - Diego Barros em Interior

Vereadores cobram de Prefeitura explicação sobre destino de R$ 98 mil

Recurso foi repassado pelo governo federal em janeiro de 2014 e deveria ser usado em estruturas esportivas escolares

Quadra de esporte de Monteirópolis

Foto: Diego Barros

Até hoje a população e os vereadores de Monteirópolis não sabem em que foram usados os R$ 98.689,68 recebidos pela Prefeitura Municipal há mais de um ano, em janeiro de 2014, por meio de repasses do governo federal. Segundo o Portal da Transparência, o valor deveria ser usado para “Implantação e Adequação de Estruturas Esportivas Escolares”.

No entanto, a única quadra esportiva do município, localizada na entrada da cidade e ao lado da Escola Municipal Professora Ivone Mendes Silva, continua precisando de reforma.

A unidade tem rachaduras, mato crescendo em meio ao concreto e banheiros interditados. A quadra também não é coberta, o que dificulta a realização de atividades esportivas em dias de chuva ou quando a insolação está muito forte. O site oficial da Prefeitura não faz nenhuma referência à realização de obras para melhorias de estruturas esportivas escolares, no ano de 2014.

Diante da falta de informações, o presidente da Câmara de Vereadores, Zé Ivan (PDT), enviou ofício aos gestores municipais solicitando esclarecimentos sobre o destino dos quase R$ 100 mil repassados pelo governo federal há mais de um ano. Segundo ele, foi dado o prazo regimental de 30 dias para que o Executivo se pronuncie a respeito. “Caso contrário, ou seja, se não obtivermos resposta, vamos enviar ofício ao Ministério Público Federal informando a situação”, afirmou o parlamentar.

A reportagem não conseguiu contato nem com a Prefeitura nem com a Secretaria Municipal de Educação para falar sobre o assunto.

Nova quadra de esportes

Em uma placa fixada em frente à atual quadra de esportes da cidade, a Prefeitura informa que será construída uma nova quadra, no valor de R$ 488.422,51. O novo espaço será coberto e com vestiário e os recursos são oriundos do Ministério da Educação. No entanto, a placa não diz nem quando as obras começam nem qual é o prazo para finalização.

Mais R$ 200 mil sem explicação

Ainda na gestão passada, do ex-prefeito Maílson de Mendonça, a Prefeitura firmou um convênio de R$ 585 mil com o Ministério do Esporte para construção de um ginásio poliesportivo na cidade, mas a única estrutura que existe no local onde as obras foram iniciadas são as bases de seis pilares, bem ao lado da quadra de esportes, que precisa de reformas. O convênio foi firmado em 2009.

Segundo o Portal da Transparência, do governo federal, do total do valor do convênio, foram liberados R$ 199.953,00 para a obra. A data de liberação da última parcela foi 30 de dezembro de 2011. No entanto, segundo o mesmo portal, a Prefeitura nunca prestou contas do recurso que recebeu. A data limite para isso expirou em 26 de dezembro de 2012.

Postado em 04/03/2015 às 20:03 por Assessoria em Interior

Município de Atalaia ganhará distrito industrial

Projeto de lei será apreciado pela câmara de vereadores nesta terça-feira (10)

Através de um projeto desenvolvido pela Secretaria municipal de Planejamento e Desenvolvimento Econômico, o município de Atalaia, receberá a implantação de um Distrito Industrial.  Segundo o Prefeito Zé do Pedrinho, diante do declínio econômico pelo qual os municípios alagoanos estão passando, a iniciativa tem o intuito de fazer com que indústrias se instalem na cidade, e assim, promover o desenvolvimento da economia, aumentando a oferta de emprego e renda à população.

“Ao longo dos últimos anos, os atalaienses tem enfrentado grandes perdas. Além das usinas e indústria da região fecharem as portas, filhos da terra estão se arriscando e indo para outros municípios em busca de novas oportunidades. A extinção de empregos tem refletido diretamente na economia  local, portanto, o projeto tem o intuito de atrair indústrias dos mais diversos setores, e, através de todos os benefícios oriundos da criação desse distrito, promover o desenvolvimento da região com a abertura de muitas oportunidades de trabalho”, justificou o Prefeito.

De acordo com o secretário Thyago Tenório, seguindo o exemplo de vários municípios do País que já contam com um distrito industrial, Atalaia deverá dar um salto em direção ao desenvolvimento, atraindo indústrias de diversos setores, que utilizarão boa parte de mão de obra local, impulsionando a economia.

“O Governo do Estado já nos enviou um ofício de menção de apoio à implantação, e a SUDENE e o Banco do Nordeste já sinalizaram total apoio ao projeto, que será votado pela câmara de vereadores, na próxima terça-feira (10). Fábricas de alimentos e de painéis solares, além de outras grandes indústrias, já preencheram o protocolo de intenção e demonstraram bastante entusiasmo com a ideia”, destacou.

Após a aprovação da lei, a prefeitura disponibilizará, com o apoio do SEBRAE, uma capacitação para os profissionais que atenderão às necessidades das empresas que serão instaladas.  “Através de uma lei municipal, 70% dos empregados serão obrigatoriamente atalaienses, o que garante o aquecimento da economia e o desenvolvimento não só da região, mas do Estado” concluiu Tenório.